Dra. Ana Maria Dresch Gois - Médica Neuropediatra - Perfil no Achei Fácil

ARTIGOS VOLTAR

Artigo em Saúde e Bem-Estar
Conscientização sobre distrofia muscular de Duchenne

Vamos aproveitar a passagem do feriado referente ao dia da Independência do nosso país, para levantarmos também outra bandeira. O dia 7 de setembro é também o Dia Internacional de Conscientização sobre Distrofia Muscular de Duchenne (DMD).
A doença acomete principalmente os meninos – cerca de um a cada 3.500 meninos nascidos vivos no mundo, causando fraqueza muscular progressiva e podendo levar à morte prematura antes dos 20 anos por insuficiência cardíaca e respiratória.
Neste ano a campanha é pelo Diagnóstico Precoce. Os pais e demais profissionais da saúde devem estar atentos aos seguintes sintomas e sinais clínicos:

• Atraso na aquisição da marcha, ou dificuldades motoras grosseiras como correr ou pular e subir degraus;

• Marcha lenta ou desajeitada ou em ponta de pés, quedas frequentes

• Dor muscular ou cãibras nas pernas;

• Menor resistência ao exercício quando comparados a crianças de mesma idade.

• Dificuldade de acompanhar seus pares nas atividades;

• Perda de marcos motores já adquiridos;

• Marcha Miopática: aspecto bamboleante, com uma movimentação atípica de quadris

• Aumento de panturrilhas, encurtamento do tendão de Aquiles, lordose lombar.

• Tônus muscular diminuído;

• Menor resistência a força imposta pelo examinador;

• Controle cefálico insuficiente ao ser tracionado pelos braços da posição deitada para posição sentada. (Figura 1)

• Sinal de Gowers: forma atípica de levantar-se a partir do chão, a criança escala o próprio corpo, segurando-se com as mãos nas pernas, depois nas coxas, depois no quadril ,até conseguir colocar-se em pé. (Figura 2 )

Se identificados alguns desses sinais e sintomas a criança deverá ser encaminhada ao neurologista pediátrico assim que possível, para diagnóstico adequado e para evitar a submissão do paciente a exames dolorosos e dispensáveis.
O Neurologista pediátrico fará a avaliação especializada, solicitação de testes genéticos e inicio de terapias medicamentosas que podem a perda de força, atrasando assim a perda da marcha e da respiração independentes de suporte, e além do direcionamento a rede de apoio multiprofissional que inclui a atenção quanto aos aspectos neurológicos, psicológicos, ortopédicos, hormonais ( endocrinológicos), cardíacos e respiratórios, essenciais a uma melhora significativa da qualidade de vida destas crianças.

Mais informações sobre os sinais e sintomas de DMD podem ser encontradas no site: www.movimentoduchenne.com.br.

No domingo dia 8 de setembro , uma nova revista da Turma da Mônica foi lançada com uma sessão de autógrafos de Maurício de Souza, durante a XIX Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro. A edição apresenta a história de Edu, um personagem de 8 anos que é diagnosticado com a Distrofia Muscular de Duchenne (DMD). Segue link para mais informações:

https://emais.estadao.com.br/noticias/comportamento,turma-da-monica-ganha-personagem-com-distrofia-muscular-de-duchenne,70002736692

"O sofrimento humano só é
intolerável quando ninguém
cuida”... Cicely Saunders

Compartilhar Curtir
Clínicas Médicos epilepsia neurologia neurologista neuropediatra neuropediatria