Af - Advocacia Freese - Perfil no Achei Fácil

POSTAGENS

Af - Advocacia Freese compartilhou uma Novidade
Sim, a transferência para o período diurno de trabalho implica a perda do direito ao adicional noturno, consoante previsão da Súmula 265 do TST. O empregador deverá obter a concordância do empregado para realizar a alteração contratual, sob pena de infração ao artigo 468 da CLT, que exige o mútuo consentimento. O adicional noturno é devido ao empregado que trabalhar no período entre as 22h de um dia e as 5h do dia seguinte. O valor do adicional é de 20% (vinte por cento) sobre a remuneração do trabalho diurno.
Compartilhar Curtir1
Advogados Advogada Advogado abusivos juros revisional trabalhista